Pesquisa Geral

OK

Acesso Rápido

Aceda diretamente à informação que lhe interessa.

 

Ecocardiograma de Stress (Stress Eco)


Os problemas do coração que envolvem as artérias coronárias (angina de peito, enfarte do miocárdio) podem só ser diagnosticáveis se os exames forem realizados com esforço.


 

Comentários Iniciais

Os problemas do coração que envolvem as artérias coronárias (angina de peito, enfarte do miocárdio) podem só ser diagnosticáveis se os exames forem realizados com esforço ou sob efeito de um medicamento que faça funcionar o coração como se estivesse em esforço. Pode-se assim efectuar estes exames:

  

a) com esforço -  habitualmente em tapete rolante – no qual as imagens são obtidas antes, durante e no pico de esforço e ainda na recuperação. Mas se não for possível realizar o exame com esforço, pode-se usar:

 

b) sobrecarga farmacológica - administração na veia durante o teste de um medicamento - dobutamina - que mimetiza o esforço. As imagens são obtidas antes do inicio do medicamento (basal), no final de dose baixa e alta de estimulação e na recuperação.

 

 

O  ecocardiograma de stress  realiza-se na Unidade Cardiovascular do Hospital dos Lusíadas nas modalidades de esforço em tapete rolante e com sobrecarga farmacológica com Dobutamina. No caso do Eco-Dobutamina este medicamento é administrado em infusão contínua (através de uma seringa infusora), doses progressivas, para estimular o coração a funcionar como se estivesse a fazer esforço.

 

Durante este exame poderá sentir-se transitoriamente o batimento cardíaco mais rápido ou irregular ou no caso de ter alteração da irrigação do músculo cardíaco, poderá ocorrer dor no peito. Esta pode ser revertida com medicação anti-anginosa.

 

 

Preparação
No caso de vir realizar ecocardiograma de esforço, é conveniente trazer calçado e roupa confortáveis. Poderá trocar de roupa em vestiário próprio e tomar um duche depois do exame.

 

Não comer nem beber (excepto água) até 2 horas antes do teste.  

  • Não tomar bebidas que contenham cafeína até 24horas antes do exame (Coca-Cola, chocolates, café e chá). A cafeína pode interferir com o resultado do exame.  
  • Deve perguntar ao seu médico assistente que medicamentos deve parar antes do exame.
  • Como regra geral os seguintes medicamentos devem ser suspensos no dia anterior ao exame e no dia, a menos que o seu médico explicitamente o indique ou que caso os suspenda sinta dor no peito (que deve comunicar mal chegue ao local do exame):
    • Beta bloqueantes como por exemplo:  atenolol (Tenormin), metroprolol (Lopressor), Propranolol (Inderal), bisoprolol (Concor), carvedilol (Coronat, Dilbloc), nebivolol (Nebilet)
    • Dinitrato de Isossorbido ( Flindix; Isoket); mononitrato de isossorbido (Monoket, Imdur, Ismo)
    • Nitroglicerina em pensos transdérmicos como por exemplo: Nitradisc; Nitroderm; Epinitrilo 
    • Antagonistas do Cálcio como por exemplo : amlodipina (Norvasc); nifedipina (Adalat); lecardinipina (Zanicor)
    • Medicamentos que contenham cafeína.

 

Nunca suspenda medicação sem falar com o seu médico assistente.

  • Se tem diabetes, e toma medicação regularmente, deve suspendê-la caso salte uma refeição. Na dúvida deve perguntar ao seu medico assistente.  

 

Durante Exame

Fará todos os procedimentos idênticos aos do ecocardiograma torácico, sendo que no caso do eco de esforço, este será realizado de pé, andando sobre um tapete rolante como no ECG de esforço.

  • No caso do Eco Dobutamina permanecerá deitado sobre o lado esquerdo e será colocada uma via endovenosa para administração da medicação.
  • Será feito um ECG (electrocardiograma) completo antes de se iniciar o teste e também serão medidas a Tensão arterial e a pulsação.
  • Após a aquisição das imagens sem estimulação será avisado do inicio de infusão da Dobutamina. Durante a infusão serão colhidas imagens em etapas pré-definidas (dose baixa, dose máxima e recuperação), contudo durante os períodos de infusão será feita monitorização contínua da contractilidade do músculo cardíaco
  • A Dobutamina fará o coração funcionar como se estivesse em esforço: a pulsação sobe e sente-se o coração a bater com mais força. Pode dar a sensação de palpitações ou de calor e por vezes ligeira dor de cabeça.
  • A intervalos regulares vai sendo questionado acerca de como se sente, regista-se o ECG, a tensão arterial e a pulsação.
  • É muito importante referir se há sensação de desconforto no peito, dor, náusea ou sensação de falta de ar, caso ocorram.
  • Este exame é habitualmente bem tolerado, mas ocasionalmente podem ocorrer arritmias.
  • O exame será interrompido caso ocorram sintomas considerados significativos, se for atingida o número de batimentos previsto para a idade para se poder tirar conclusões ou se surgirem alterações suficientemente importantes no ecocardiograma ou na monitorização da tensão arterial ou ECG.
  • A via endovenosa será removida após a suspensão do medicamento e a recuperação do batimento cardíaco para os valores iniciais e caso não haja sintomas relevantes.
  • O eco Dobutamina dura cerca de 60 minutos no total (preparação, exame  e recuperação). O tempo de administração da Dobutamina é de 15 minutes.
  • Após revisão das imagens e correlação com o ECG, será produzido um relatório e registado o exame num DVD, legível em qualquer computador PC

 

  • No caso de realizar ecocardiograma de esforço será pedido que ande em cima de um tapete rolante, com velocidade e inclinação variáveis de 3 em 3 minutos. Será necessário que suporte o máximo de esforço de que seja capaz.
  • Será normal que a tensão arterial e a pulsação subam tal como a frequência respiratória.
  • A intervalos regulares serão feitas perguntas específicas: se tem dor torácica ou mandibular ou nos membros superiores ou dorso e simultaneamente serão registados o ECG, tensão arterial e imagens de ecocardiograma bidimensional e Doppler.
  • Será suspensa a prova se for positiva mas também a pedido do paciente por cansaço extremo ou sintomas, ou ainda por alterações significativas do Ecocardiograma ou do ECG.
  • Após o pico de esforço será pedido que se deite, o que será feito de forma muito rápida para se poder obter imagens no máximo dos batimentos cardíacos. As imagens da recuperação também serão obtidas na posição de deitado.

 

No total a prova durará cerca de 60 minutos, sendo que o tempo real de esforço é habitualmente de 7 a 12 minutos.

 

 

Comentários Finais
Porque pede o seu médico um eco de stress?

 

  • Se tiver dor no peito suspeita de angina e o ECG de esforço deixar dúvidas ou se tiver que fazer avaliação cardíaca antes de cirurgia vascular (pernas, aorta, carótidas).
  • Se tiver tido um enfarte e for necessário saber se há mais miocárdio em risco ou se a cicatriz de enfarte ainda contém músculo funcionante.
  • Se outros testes de imagem como a AngioTac coronária diagnosticarem doença das artérias coronárias de significado funcional duvidoso.
  • Se tiver doença valvular e seja necessário esclarecer melhor a gravidade da mesma para tomar decisões cirúrgicas.

Outras unidades hospitalares do grupo HPP

Conheça os nossos hospitais.

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no LinkedIn Siga-nos no Youtube